Mulheres e o Leangains – Esse Método Também Serve Para Elas?

Mulheres e o Leangains

Há quase um ano atrás eu escrevi:

Mulheres, vocês precisam largar aqueles halteres rosas, jogar no lixo aquela revista de ginástica e parar com essa coisa sem sentido. Vocês parecem acreditar que fazer um esforço modesto na academia vai fazer com que vocês acordem parecendo com aquelas mulheres bombadas e cheias de anabolizantes. Besteira.

 

O que vocês precisam fazer é cair na real e começarem a treinar de verdade.

Sendo sincero, quase nada mudou desde então. Isso nunca vai acontecer, porque se você souber como essa máquina funciona, bem você pode esquecer uma mudança de dentro.

É simples o que você pode fazer, porque eu fiz isso também quando ninguém acreditava no jejum intermitente.

Você mostra a eles que coisas boas irão ocorrer com aqueles que têm a coragem de fugir um pouco da normalidade.

Eu escrevi esse post há coisa de um mês atrás no Facebook e as pessoas meio que gostaram dele. Então de repente eu comecei a acrescentar mais coisas, fazendo com que tudo parecesse muito sério e obscuro, como uma tese de sociologia sobre fitness feminina, normas sociais, cereais matinais e…

Opa, que diabos foi isso? De qualquer maneira…

…Bem, vamos dizer apenas que no que diz respeito a malhação, as mulheres precisam de modelos para seguirem, companheirismo e regras sensatas do tipo “faça acontecer”.

Agora, eu tenho falado de tantas coisas ruins sobre a indústria fitness (coisas dos bastidores) para a Isa que eu estou receoso de ter drenado a energia que ela precisa para a competição da qual ela está participando hoje, e vocês precisam dar uma ajuda a ela.

Eu gostaria que vocês escrevessem uma mensagem para ela, ok?

No Barbella’s Universe.

A propósito, eu sinto muito por estar bagunçando o post, vou dar um jeito nisso.

Mulheres fortes

 Eu estou postando essas fotos para falar sobre mulheres e treinamento com pesos. A Isa compete no strongman, ganhou duas medalhas de ouro no European Powerlifting Championsship recente, e faz agachamentos, levantamentos terra, supinos, joga pneus e corre por aí com umas coisas pesadas que eu nem sei o nome.

Ela não tem um grama de músculo volumoso e está muito longe de parecer esquisita. Apesar de fazer exatamente o oposto do que é dito pela a mídia, revistas femininas, amigas e também por pessoas que deveriam ter um entendimento melhor (ex.: competidores de fisiculturismo). O resultado é uma aparência legal e saudável, mais magra e com certeza mais forte do que a maioria das mulheres. Sem aeróbicos, apenas treino pesado 3x/semana e sem uma dieta com “tofu e biscoito de soja”.

 Ela tem uma musculatura decente para uma mulher com o seu tempo de treino (mais ou menos um ano), mas está longe daquela imagem estereotipada e fantasiosa, de mulheres super musculosas, que se esperaria desse tipo de treino. Isso acontece porque essa imagem estereotipada e fantasiosa é uma bobagem, obviamente.

O ponto aqui é: treine pesado, coma bem e eu garanto que você vai ficar mais gostosa a cada 5 Kg extras que você coloque na barra. Isso desde que você fique longe dos anabolizantes, porque é daí que vem o mito dos músculos bizarros em mulheres. Os efeitos masculinizantes dos anabolizantes nas mulheres são profundos e devastadores, estética (é claro que isso é subjetivo, mas ainda assim) e socialmente falando. Tenha consciência disso e não se preocupe com as bobagens que você escuta e/ou lê sobre como as mulheres devem treinar.

Infelizmente se você nada contra a corrente e faz o inesperado, provavelmente irá escutar bobagens e opiniões sobre o seu treino quase todos os dias. Mulheres grunhindo, levantando cargas mais pesadas do que a maioria dos homens, são olhadas com suspeita pela maioria medíocre e fraca de ambos os sexos da qual é composta a nossa sociedade.

 Livre-se dos halteres rosas, fique longe da esteira, comece a treinar com pesos de verdade. Se você tiver que mudar de academia, porque as pessoas olham pra você de modo estranho (uma questão que realmente atrapalha as mulheres) quando você grunhi ou fica suada, mude.

***bônus*** Dicas profissionais, meninas.

Se, para treinar pesado você precisar entrar em uma aula de CrossFit, faça-o. Uma coisa que o CrossFit faz certo é proporcionar o ambiente correto, a amizade, encorajamento e mudança de atitude para garotas que querem treinar pesado sem serem olhadas de modo estranho. Isso vale muito mais a pena do que um treino “excelente” em uma academia convencional ruim, onde as pessoas não tem conhecimento, são medíocres e se intimidam, ficam quase ofendidas até, por mulheres que treinam pesado.

Eu não sou fã do CrossFit da maneira em que ele é feito geralmente, o marketing, ou o seu uso por pessoas sem muitos objetivos. Para as mulheres no entanto, ele pode fazer toda a diferença.

…Outra coisa muito legal que você pode fazer é encorajar a Isa a começar o seu blog, de modo que ela possa levantar a bunda da cadeira e comece a servir como o bom modelo – que eu acredito que ela seja – para mulheres que treinam com pesos.

A atitude e a aparência dela são uma assertiva e um ponto que precisam ser repetidos muitas e muitas vezes. Não é como se ultimamente estivesse chovendo mulheres gostosas e de aparência feminina nas competições de strongman. Esse é um esporte amaldiçoado por um estereotipo infeliz, que infelizmente é verdadeiro em grande parte. Aos diabos com isso, porque a aparência machona é uma consequência dos anabolizantes, e vocês não precisam se preocupar com isso.

Preocupem-se em fazer levantamentos terra com 120 ~ 150 Kg e agachamentos com 100 ~ 120 Kg, evitem dietas que te façam passar fome e curtam o processo. Você ficará muito mais feliz com os resultados vindos dessa prática, do que digamos, comendo biscoitos de água e sal e tomando iogurtes, fazendo 2 horas diárias de aeróbicos e usando aquela última moda das academias que saiu na revista.

Coma como um homem, treine como um homem e fique como uma deusa. Essa seria uma citação bem precisa e verdadeira, se não fosse pelo fato da maioria dos homens treinarem como retardados.

De qualquer maneira, esses são alguns textos que você deveria ler, independentemente do seu sexo, que são muito relevantes para essa questão:

http://www.leangains.com/2011/09/fuckarounditis.html

http://www.leangains.com/2010/01/how-to-look-awesome-every-day.html

http://www.leangains.com/2008/12/reverse-pyramid-revisited.html


O texto acima foi o primeiro que eu traduzi escrito pelo próprio Martin Berkhan. Ele tem um estilo bem mais contundente do que o Andy, mas eu tentei atenuar isso um pouco ao fazer a tradução. Eu decidi adicionar esse texto aqui no site porque algumas mulheres já vieram me perguntar nos comentários se o Leangains também serviria para elas. Bom, nada melhor do que um artigo escrito pelo próprio criador do método para responder isso. Você não acha? 😉  – Rafael

Texto original em inglês

Aviso Legal

As informações contidas neste site são fornecidas somente para fins informativos. Elas não pretendem ser e não devem ser consideradas como aconselhamento nutricional. A informação pode não se aplicar a você e antes de usar qualquer uma das informações fornecidas no site, você deve contatar um médico qualificado, nutricionista, personal trainer ou fisiologista.

Se você utilizar qualquer informação fornecida neste site, você o faz por sua conta e risco e especificamente renuncia a qualquer direito de fazer qualquer reclamação contra o blog Dieta & Malhação, seus empregados ou representantes, como resultado do uso de tais informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *